Por ser muito magro e esquelético quando pequeno, Maurício Pinheiro Reis recebeu aos 12 anos dos colegas, o apelido que adotaria como nome artístico: Byafra.

Ele nasceu em Niterói (RJ) e depois de cantar em coral (do CEN - Centro Educacional de Niterói), inclusive fora do país, em países como Escócia e Inglaterra, e de tocar flauta doce em casamentos, o cantor e compositor despontou para a fama, aos 21 anos, em 1979, com o LP "Primeira Nuvem", que incluiu "Helena" e "Barcos e Navios".

Sempre cantando e/ou compondo canções que versam sobre amor, natureza e vida, o apogeu de sua carreira foi no final dos anos 70 e começo dos 80, quando canções como "Leão Ferido" (com Dalto) e "Vinho Antigo" (Dalto e Cláudio Rabello) (ambas de 1981), "Sonho de Ícaro" (Cláudio Rabello e Pisca) (84) e "Seu Nome" (com Pisca) (85).

Até o final dos anos 90 gravou um total de 14 discos.